Home > Livros > Análises > Gastaria Tudo Com Pizza – Comédia interdimensional!

Gastaria Tudo Com Pizza – Comédia interdimensional!

Brincando com Sci Fi e coisas comuns da vida, Gastaria Tudo Com Pizza acerta na proposta

Ficção científica é sempre um verniz atrativo, mas se torna um aborrecimento quando percebemos que essa superfície serve para esconder deficiências textuais. No caso de Gastaria Tudo Com Pizza, Pedro Duarte não caiu nesta armadilha. Com uma pegada cômica, o autor aborda as voltas que a vida dá e insatisfações comuns a quase todos nós, em algum momento, usando um pano de fundo fantástico que não rouba a cena e nem está lá para disfarçar falta de assunto.

Compre clicando na imagem abaixoResenha do livro Gastaria Tudo Com Pizza

Indo direto ao ponto, os personagens do livro – lançado pela editora Pipoca & Nanquim* – são facilmente relacionáveis com a esmagadora maioria dos leitores. O motivo é bem simples, na verdade. Estamos falando de pessoas comuns, infelizes no emprego atual, desanimados com a imbecilização coletiva da Era Digital e à procura de uma chance de mudar. E quanta gente da vida real, nestas mesmas condições, já pensou em algo como “Eu queria ir para outro lugar…” ?

*(Confira também a resenha do livro A Floresta das Árvores Retorcidas)

É esse “ir para outro lugar” que dá o tom desta comédia de ficção científica. Gastaria Tudo Com Pizza tem como protagonista Bob, um cara bastante comum e de hábitos simples, que possui uma máquina de escrever azul-bebê. Na verdade, este é um artefato que cria portais interdimensionais, informação que ele mantém em segredo. Nada difícil, vivendo sozinho.

Nina, que faz pequenas e irrelevantes reportagens para a TV local, acaba cruzando seu caminho por acaso e imagina ter encontrado uma grande história neste sujeito que ela acha que é louco. Fechando a trinca, Nestor, um escritor frustrado, nem faz ideia de que está envolvido indiretamente na empreitada de abrir portais, pois é ele quem vende as peças de máquina de escrever para Bob, via internet.

Com cada personagem apresentado compartilhando um tédio existencial, Pedro Duarte desenvolve divertidas situações que giram em torno das fantásticas capacidades da máquina de escrever azul-bebê. Se bem que o trio principal acaba se encontrando mais por desvios caprichosos do Universo do que qualquer outra coisa. É exatamente essa a graça do texto, que se apoia mais no Absurdo (maiúscula mesmo) cotidiano do que nos portais que criam desordem.

Nem por isso espere por gracejos exagerados. O texto é bem enxuto neste sentido, investindo naquela ironia que provoca mais o sorriso reflexivo do que a gargalhada. E é por isso que Gastaria Tudo Com Pizza se aproxima dos leitores, mesmo com seu tom geral descontraído que nunca descamba para o piegas. Por exemplo, falar sobre aquela sensação incômoda entre o fim do domingo e o início da segunda-feira, ou aquele projeto que era tão querido e está na gaveta há anos, mostra que o autor tem um olhar aguçado para detalhes mínimos que fazem muita diferença.

Resenha do livro Gastaria Tudo Com Pizza

Cadência narrativa que valoriza a experiência

Com 224 páginas, o livro é um passeio mais do que agradável. O ritmo é funcional em favor da diversão, fazendo a leitura passar muito rápido. As boas sacadas do projeto gráfico e brincadeiras com a tipografia na abertura de cada capítulo são outro diferencial bem vindo, conferindo um sabor especial à edição.

Como única ressalva ao texto, a falta de um arco dramático mais definido para os personagens acaba por deixar uma sensação de algo incompleto. Se essa é uma intenção deliberada ou não, talvez para reforçar o já citado clima de Absurdo, tanto faz. O importante é que não é o bastante para comprometer o prazer de descobrir que ali existe mais do que uma comédia descartável.

Com Gastaria Tudo Com Pizza, Pedro Duarte mostra um raro equilíbrio entre o cômico e o fantástico. Isso, no mínimo, já garante o interesse pelo que ele produzir em seguida.

Já leu essas?
Alta Ansiedade - Mel Brooks
Alta Ansiedade, de Mel Brooks, no Formiga na Tela!
Tomie - Junji Ito
Tomie, de Junji Ito, na pauta do Formiga na Tela!
The Expanse - Formiga na Tela
The Expanse e a relação com o agora no Formiga na Tela!
Planetes - Formiga na Tela
O mangá Planetes, de Makoto Yukimura, no Formiga na Tela!