Home > Cinema > Maratona ZÉ DO CAIXÃO na CINEMATECA BRASILEIRA no Mês da Cultura Independente!

Maratona ZÉ DO CAIXÃO na CINEMATECA BRASILEIRA no Mês da Cultura Independente!

MÊS DA CULTURA INDEPENDENTE NA CINEMATECA

de 07 a 28 de setembro

ENTRADA FRANCA

 Em setembro a Cinemateca Brasileira integra o circuito de programação do Mês da Cultura Independente promovido pela prefeitura de São Paulo. Um mês inteiro dedicado a música, cinema, literatura, debates, festas e muito mais em diversos locais da cidade de São Paulo. Em sua 8ª edição, o festival exibe um panorama da nova geração de cineastas que produzem com pouco dinheiro, contam com novas opções de financiamento, optam por quebrar as regras do antigo sistema de produção cinematográfica e assim promovem a transição para uma nova realidade de produção, distribuição e exibição.

A programação em cartaz na Cinemateca Brasileira destaca títulos do cinema independente depositados em seu acervo. Entre os filmes brasileiros, estão Janete, primeiro longa de Chico Botelho, e um dos filmes seminais do jovem cinema paulista da década de 1980; Damas do prazer, livre adaptação de Nana, de Émile Zola e dirigido pelo fotógrafo Antonio Meliande; Os desclassificados, policial de Clery Cunha filmado na Boca do Lixo, e O maníaco do parque, de Alex Prado, inspirado em um dos mais famosos casos policiais da década de 1990. A seleção conta também com a pré-estreia de Aliança, de Gabriel Martins, João Toledo e Leonardo Amaral, comédia que foi um dos destaques do mais recente Festival de Tiradentes.

Alguns títulos do cinema independente americano estão presentes na mostra, como Um dia em Nova York (The daytrippers), de Greg Mottola, longa-metragem de estreia do diretor de Superbad; o vencedor do prêmio de melhor filme no festival de Sundance em 1998 Domingo é dia… (Sunday), de Jonathan Nossiter; Na companhia dos homens (In the company of men), de Neil LaBute, vencedor do prêmio de roteiro e ator (Aaron Eckhart) no Independent Spirit Awards e o Filmmakers Trophy no Festival de Sundance em 1998; Truques da paquera (Trick), de Jim Fall, comédia romântica gay exibida no Festival de Sundance 1999 e Histórias proibidas (Storytelling), drama de Todd Solondz com música da banda indie Belle & Sebastian. Entre os estrangeiros estão também o iraniano Fora do jogo (Offside), de Jafar Panahi, vencedor do Urso de Prata no Festival de Berlim em 2006 e Memórias em super-8 (Super-8 stories), de Emir Kusturica, documentário musical no qual seu diretor acompanha sua própria banda em turnê.

Na madrugada do dia 27 para 28 de setembro, a Cinemateca exibe uma maratona comemorando os 50 anos de Zé do Caixão. O personagem, que surgiu em pesadelo de seu criador, José Mojica Marins, é um agente funerário niilista, odiado na cidade onde vive e obcecado em encontrar uma “mulher superior” capaz de gerar seu filho perfeito. No caminho, enfrentará tudo e todos para atingir seu objetivo. Lendário personagem do cinema brasileiro, Zé do Caixão aparece pela primeira vez em À meia-noite levarei sua alma, lançado comercialmente nos cinemas em 09 de novembro de 1964, um grande sucesso que marcou profundamente nossa cultura popular. Esta noite encarnarei no teu cadáver, de grande invenção visual, é o segundo filme da trilogia, lançado em 1967. O destaque fica para a sequência do inferno gelado, filmado em cores quentes. Projeto planejado por Mojica desde 1966, Encarnação do demônio traz Zé do Caixão saindo da cadeia depois de trinta anos preso e decidido a concluir seu plano: encontrar a mulher capaz de gerar seu perfeito herdeiro. Convidamos a todos para comemorar os 50 anos deste grande personagem brasileiro.

Mais informações sobre a programação em http://www.culturaindependente.org/ e http://www.cinemateca.gov.br/

 

CINEMATECA BRASILEIRA

Coordenador Geral: Lisandro Nogueira

Departamento de Difusão: Etienne Yamamotto

Programação: Sergio Silva

Produção de cópias: Leandro Pardi

Assessoria de imprensa: Karina Almeida

ENDEREÇO

Largo Senador Raul Cardoso, 207

próximo ao Metrô Vila Mariana

Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)

www.cinemateca.gov.br

 

PROGRAMAÇÃO

 

07/09 DOMINGO

SALA BNDES

17h00 FORA DO JOGO

19h00 O MANÍACO DO PARQUE

 

11/09 QUINTA

SALA PETROBRAS

18h00 JANETE

20h00 UM DIA EM NOVA YORK

 

12/09 SEXTA

SALA PETROBRAS

18h00 DAMAS DO PRAZER

20h00 TRUQUES DA PAQUERA

 

13/09 SÁBADO

SALA PETROBRAS

17h00 MEMÓRIAS EM SUPER-8

19h00 FORA DO JOGO

21h00 NA COMPANHIA DOS HOMENS

 

14/09 DOMINGO

SALA PETROBRAS

16h00 DOMINGO É DIA…

18h00 OS DESCLASSIFICADOS

20h00 HISTÓRIAS PROIBIDAS

 

25/09 QUINTA

SALA PETROBRAS

19h00 UM DIA EM NOVA YORK

21h00 NA COMPANHIA DOS HOMENS

 

26/09 SEXTA

SALA PETROBRAS

18h00 HISTÓRIAS PROIBIDAS

20h00 OS DESCLASSIFICADOS

 

27/09 SÁBADO

SALA BNDES

20h00 JANETE

22h00 PRÉ-ESTREIA | ALIANÇA

 

ÁREA EXTERNA

23h59 50 ANOS DE ZÉ DO CAIXÃO | À MEIA NOITE LEVAREI SUA ALMA

 

28/09 DOMINGO

SALA BNDES

02h00 50 ANOS DE ZÉ DO CAIXÃO | ESTA NOITE ENCARNAREI NO TEU CADÁVER

04h00 50 ANOS DE ZÉ DO CAIXÃO | ENCARNAÇÃO DO DEMÔNIO

SALA PETROBRAS

19h00 DOMINGO É DIA…

 

SINOPSES E FICHAS TÉCNICAS

 

Aliança, de Gabriel Martins, João Toledo e Leonardo Amaral

Brasil, 2014, digital, cor, 80′ | Exibição em DCP

com Gabriel Martins, João Toledo, Leonardo Amaral, Tatiana Dal Magro, Robert Frank, Nísio Teixeira, Rafael Ciccarini

Pilo, Panda e Isaac são amigos de infância. Um deles decide pedir a namorada em casamento no mesmo dia em que os outros dois descobrem que ela está o traindo com seu instrutor de ginástica. Comédia da produtora mineira Filmes de Plástico exibida no Festival de Tiradentes 2014. Os três diretores também interpretam os personagens principais.

Não recomendado para menores de 16 anos

 

Damas do prazer, de Antonio Meliande

Brasil, 1979, 35mm, cor, 82’

Irene Stefânia, Bárbara Fazio, Paulo Hesse, Nicole Puzzi

Os desejos e contradições de um grupo de prostitutas, formado por novatas e veteranas, diante da dura realidade do mercado do sexo na Boca do Lixo, em São Paulo. Segundo filme dirigido por Antonio Meliande, um dos maiores fotógrafos do cinema brasileiro. Roteiro de Ody Fraga, inspirado em Nana, romance de Émile Zola.

Não recomendado para menores de 18 anos

 

Os desclassificados, de Clery Cunha

Brasil, 1972, 35mm, cor, 92’

Darcy Silva, Joana Fomm, Hélio Souto, Jesse James

Playboy deseja sexualmente a madrasta, amante de um gerente de banco. Para se vingar do adultério, ele planeja um assalto à agência onde o homem trabalha. Mas o crime fracassa, os bandidos fogem e se escondem num quarto, onde a situação fica cada vez mais tensa, diante da iminente chegada da polícia. Filme policial rodado na Boca do Lixo, baseado numa notícia da época.

Não recomendado para menores de 16 anos

 

Um dia em Nova York (The daytrippers), de Greg Mottola

EUA, Canadá, 1996, 35mm, cor, 87′ | Legendas em português

com Hope Davis, Stanley Tucci, Parker Posey e Liev Schreiber

Mulher encontra o que parece ser uma carta de amor do marido, que está trabalhando para uma editora em Nova Iorque. Ela decide ir até lá para encontrá-lo, levando sua irmã e o noivo e seus pais, em uma longa viagem de trailer. Longa-metragem de estreia de Greg Mottola, diretor de Superbad e Adventureland, um dos principais autores da comédia americana contemporânea.

Não recomendado para menores de 12 anos

 

Domingo é dia… (Sunday), de Jonathan Nossiter

EUA, 1997, 35mm, cor, 91’ | Legendas em português

Arnold Barkus, Jared Harris, Bahman Soltani, Joseph Sirola

Comédia ganhadora do prêmio do júri no Sundance Film Festival de 1997, evento que é uma das principais vitrines do cinema independente norte-americano. Atriz desempregada confunde um executivo com um famoso cineasta. A partir daí, eles vivem uma situação cheia de enganos, intrigas e romance. Melhor filme no festival de Sundance em 1998.

Não recomendado para menores de 12 anos

 

Fora do jogo (Offside), de Jafar Panahi

Irã, 2006, digital>35mm, cor, 93′ | Legendas em português

Um grupo de torcedoras iranianas tenta entrar em um estádio de futebol. Como a lei proíbe a entrada de mulheres no local, elas se disfarçam como homens para tentar assistir ao jogo. Vencedor do Urso de Prata no Festival de Berlim em 2006.

Não recomendado para menores de 10 anos

 

Histórias proibidas (Storytelling), de Todd Solondz

EUA, 2001, 35mm, cor, 87′ | Legendas em português

com Mark Webber, Selma Blair, Leo Fitzpatrick, Paul Giamatti

Dividido em dois episódios. Em “Ficção”, um casal de namorados adolescentes tem como professor de redação um vencedor do prêmio Pulitzer. Em “Não-ficção”, um garoto de família rica não sabe o que fazer da vida, até que um documentarista decide usá-lo como seu personagem central de seu filme. Música da banda indie escocesa Belle & Sebastian.

Não recomendado para menores de 16 anos

 

Janete, de Chico Botelho

Brasil, 1982, 35mm, cor, 95’.

Elenco: Nice Marinelli, Lílian Lemmertz,Flávio Guarnieri, Luiz Armando Queiroz.

Janete, uma prostituta da Boca do Lixo de São Paulo, é presa por roubo e encarcerada num presídio feminino. Primeiro longa-metragem de Chico Botelho, é uma leitura pós-moderna da vida de uma jovem marginalizada que, para sobreviver, adapta sua vida a diversas situações. Destaque para a trilha de Arrigo Barnabé e para a fotografia de José Roberto Eliezer.

Não recomendado para menores de 18 anos

 

O maníaco do parque, de Alex Prado

Brasil, 2002-2009, vídeo digital, cor, 74’ | Exibição em beta digital

Elenco: Cláudio Mello, Claudio Paulo, Cleber Armeloni, Daiane Brito

Atormentado por assombrações, desilusões amorosas e por terríveis memórias de infância, um jovem se transforma em assassino de mulheres. Baseado na verdadeira história de Francisco de Assis Pereira, “o maníaco do parque”, o filme se valeu de um dos mais famosos casos policiais brasileiros dos anos 1990, alvo de extensa cobertura da mídia. Diretor veterano da Boca do Lixo, Alex Prado dirigiu clássicos do faroeste brasileiro como Gregório 38 e Sangue em Santa Maria. Inédito no circuito comercial.

Não recomendado para menores de 18 anos

 

Memórias em super-8 (Super-8 stories), de Emir Kusturica

Alemanha, Itália, Iugoslávia, 2001, 35mm, cor/pb, 90′ | Legendas em português

Documentário musical acompanhando a No smoking orchestra, banda iugoslava que tem entre os integrantes Emir Kusturica. Ao mesmo tempo que acompanha os músicos nos concerto, o filme aborda o complicado conflito político da região dos Balcãs. Melhor documentário no Festival de Chicago em 2001. Participação especial de Joe Strummer, lendário guitarrista da banda punk The Clash.

Não recomendado para menores de 12 anos

 

Na companhia dos homens (In the company of men), de Neil LaBute

EUA/Canadá, 1997, 35mm, cor, 97′ | Legendas em português

com Aaron Eckhart, Matt Malloy e Stacy Edwards

Dois colegas executivos que sofreram decepções em seus relacionamentos resolvem se vingar das mulheres, através de um cruel jogo de manipulação. Primeiro longa-metragem de Neil LaBute, vencedor do vencedor do prêmio de roteiro e ator (Aaron Eckhart) no Independent Spirit Awards e o Filmmakers Trophy no Festival de Sundance em 1998.

Não recomendado para menores de 18 anos

 

Truques da paquera (Trick), de Jim Fall

EUA, 1999, 35mm, cor, 90′ | Legendas em português

com Christian Campbell, John Paul Pitoc, Tori Spelling

Jovem compositor de musicais para teatro tem uma vida afetiva que deixa muito a desejar. Ao mesmo tempo, mantém um emprego diário, e ensaia cenas de sua peça com uma amiga atriz. Uma noite, num bar, ele conhece um dançarino pelo qual fica completamente apaixonado. Seleção oficial do Festival de Sundance 1999.

Não recomendado para menores de 14 anos

 

TRILOGIA ZÉ DO CAIXÃO

 

À meia noite levarei sua alma, de José Mojica Marins

São Paulo, 1964, 35mm, pb, 81´

José Mojica Marins, Magda Mei, Nivaldo de Lima, Valéria Vasquez

O sádico e cruel coveiro Zé do Caixão pretende gerar um filho perfeito para dar continuidade ao seu sangue. Sua mulher não consegue engravidar e ele acaba violentando a mulher do seu melhor amigo. A moça violentada pelo coveiro decide se suicidar para regressar do mundo dos mortos e levar a alma de Zé do Caixão consigo. Primeiro filme com o personagem Zé do Caixão, genial criação de José Mojica Marins.

Não recomendado para menores de 16 anos

 

Esta noite encarnarei no teu cadáver, de José Mojica Marins

Brasil, 1967, 35mm, pb/cor, 107’

José Mojica Marins, Roque Rodrigues, Nádia Tell, William Morgan, Nivaldo de Lima

Zé do Caixão continua na busca obsessiva da mulher ideal, capaz de gerar o filho perfeito. Auxiliado pelo fiel criado Bruno, ele rapta seis belas moças e as submete às mais terríveis torturas. Porém, ele acaba matando uma mulher grávida e, atormentado pela culpa da morte de uma criança inocente, sofre pesadelo no qual é levado para um inferno gelado. Segundo filme da trilogia de Zé do Caixão.

Não recomendado para menores de 18 anos

 

Encarnação do demônio, de José Mojica Marins

Brasil, 2008, 35mm, cor, 90’

com José Mojica Marins, Jece Valadão, Adriano Stuart, Milhem Cortaz, Helena Ignez, Débora Muniz, Cristina Aché

Após 40 anos preso, Zé do Caixão enfim é libertado. De volta às ruas, ele está decidido a cumprir sua missão: encontrar uma mulher que possa gerar seu filho perfeito. Caminhando pela cidade de São Paulo ele enfrenta leis não naturais e crendices populares, deixando um rastro de sangue por onde passa. Último filme da trilogia de Zé do Caixão.

Não recomendado para menores de 18 anos

Já leu essas?
Zé do Caixão é foco!
Novidades sobre a série Zé do Caixão!
O que esperar do terror nacional As Fábulas Negras?
Cinemateca Brasileira tem mostra do Cinema Novo!