Home > Cinema > Artigos > Eventos de fãs – Uma relação de amor!

Eventos de fãs – Uma relação de amor!

Um relato sobre os eventos de fãs (e porque eles deveriam acontecer mais vezes!)

A primeira vez que me entendi como fã foi aos 9 anos, quando meu pai me deu um cartucho de Master System III importado. O jogo era Star Wars: Uma Nova Esperança. Joguei incontáveis vezes, até zerar o jogo. Mas jogava feliz da vida. Comemorei o lançamento do Episódio I – Ameaça Fantasma comprando minha primeira revista de cinema, a finada Set. Ganhei, naquele mesmo ano, minha boneca da Princesa Amidala, que tenho até hoje. De repente, me vi tão envolvida por esse universo e pelos filmes (principalmente os da primeira trilogia, que estava gravada em VHS velhas no meu armário) que decidi, naquele dia, que seria fã de Star Wars para o resto da minha vida e nada poderia abalar essa fidelidade.

(Relembre o Especial de Natal de Star Wars!)

Então descobri Star Trek. A série trazia um futuro possível, em que a raça humana vivia em paz e as ameaças (quase sempre) vinham de outros planetas. Tinha um elenco diversificado (havia um personagem russo, em plena Guerra Fria!) e, na figura da Tenente Uhura (Nichelle Nichols), pela primeira vez me identifiquei com um universo ficcional. Até então, eu não havia localizado nenhuma personagem negra nem na Turma da Mônica. Busquei informações sobre a série na biblioteca do bairro (internet ainda era um negócio para poucos) e achei, em boas condições, fanzines e quadrinhos em sebos do centro da cidade. Fiquei rapidamente viciada.

Evento de Fãs

Ganhei um exemplar de Harry Potter e a Pedra Filosofal, juntamente com Harry Potter e a Câmara Secreta, de meu pai, no natal de 2000. Em 2001, fui ao cinema pela primeira vez sozinha com a galera, para assistir a adaptação do primeiro livro da saga, dirigido por Chris Columbus (que esteve na CCXP 2018!). Li (e releio com frequência) todos os demais livros escritos por J.K. Rowling, fui assistir à todos os filmes no dia da estreia e tive a oportunidade de ir até o The Wizarding World of Harry Potter, dentro do parque da Universal Studios, em Orlando. Andando por lá, vi um grande número de adultos se divertindo. E, não necessariamente, acompanhados de crianças. Lá, encontrei um rapaz com uma camiseta estampada com o rosto do Sr. Spock. Saindo do parque, avistei uma moça com uma camiseta da Princesa Leia. Os fãs de Star Wars e Star Trek também são fãs de outros universos.

Assim como eu também sou fã de Sherlock Holmes. Amo os livros e o filme O Enigma da Pirâmide e ainda assisto, como se fosse a primeira vez, Sherlock Holmes e a Mulher de Verde com a dupla Basil Hathbone e Nigel Bruce. Apesar de gostar muito dos filmes protagonizados por Robert Downey Jr., até a estreia de Sherlock, o formato vitoriano era predominante em quase todas as retratações do detetive e seu fiel amigo Dr. Watson. A série da BBC, com Benedict Cumberbatch e Martin Freeman nos papeis principais, inovou ao atualizar a época em que a história se passa e incluir diversos recursos visuais. Já fiquei 14 horas na fila para ver Mark Gatiss, co-criador, roteirista e ator da série, em um bate-papo descontraído com fãs que ocorreu em 2014. Foi um quase evento para fãs. Quase.

O primeiro evento de fã (de verdade) 

Somente em 2018 tive o prazer de ir a um evento dedicado ao universo Trekkie. A primeira StarCon, organizada pela Nova Frota, fã-clube de Star Trek fundado por ex-integrantes do antigo Frota Estelar, foi realizada em 18 de agosto deste ano, no Teatro Elis Regina, um anexo do complexo do Anhembi. Encontrei fãs de todos os outros universos. Fãs dedicados e com histórias incríveis.

É o caso do casal Paulo e Enisia. Eles uniram o amor por Star Trek com a paixão por motocicletas, batizando seu motoclube de Jornada Nas Estradas. E foram, de moto, de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, até São Paulo, para prestigiar o evento. Também  teve o Lunay, fã por causa do pai que assistia junto com ele quando criança, que foi veio de Manaus (espantosos 3922 Km!)! Conversei com pessoas de todas as idades. O sentimento era o mesmo: gratidão por Star Trek ter, em algum momento, unido pessoas ao redor da televisão e aberto portas para pretensões maiores, como o interesse em ciência.

Evento de Fãs

Paulo e Enisia: paixão por motos e Star Trek

 

 

Focada nos 25 anos de Star Trek: Deep Space Nine (DS9), um dos spin-off de Star Trek: The Next Generation, a StarCon buscou trazer bastante conteúdo da série, entre itens de colecionador e a presença de Richard Arnold, consultor de Star Trek e assistente do criador da série, Gene Roddenberry, e de René Auberjonois, que interpretava o personagem Odo em DS9. O ator foi muito simpático e ficou emocionado ao ser recebido calorosamente pelo público. Ao falar sobre Odo, focou no aspecto emocional do personagem e reforçou que, “ao criar um personagem, você tem a missão de compor uma persona com base em pensamentos e ideias do autor, mas não é escravo do texto”, para justificar escolhas de estilo, como o timbre de voz do personagem.

Havia uma aproximação com o público que, dificilmente, veremos em uma CCXP, por exemplo. É um mérito da StarCon, nas não necessariamente demérito da Comic-Com Experience. Dado o grande volume de painéis e o tamanho do evento (a maior do mundo em público), um painel da CCXP não conseguiria dispender tamanha atenção e sensação de proximidade.  A importância desses eventos menores é significativa. Se ocorressem com mais frequência, os fãs teriam a oportunidade de interagir com seus iguais sobre o universo que curtem com um custo bem mais acessível.

Evento de Fãs

A autora deste texto e o ator René Auberjonois,durante a StarCon

A próxima StarCon, marcada para fevereiro de 2019  terá como homenageado o versátil ator Doug Jones. E eu não vejo a hora de viver o meu próximo evento de fã!

E você, já foi a um evento de fãs? Comente aqui como foi sua experiência!

Já leu essas?
Star Trek - Deepe Space Nine - FormigaCast
Star Trek: Deep Space Nine na pauta do FormigaCast!
Não se fazem séries como antigamente -Formiga na Tela 299
Séries que dificilmente seriam feitas hoje no Formiga na Tela!
NovaFrotaBR e a paixão por Star Trek - FormigaCast
O fã-clube NovaFrotaBR e a paixão por Star Trek no FormigaCast!
FormigaCast - Diferenças entre Hard e Soft Science Fiction
As diferenças entre Hard e Soft Science Fiction no FormigaCast!