Home > Quadrinhos > Incrível, Fantástico, Inacreditável – A vida de Stan Lee em forma de HQ!

Incrível, Fantástico, Inacreditável – A vida de Stan Lee em forma de HQ!

Biografia de Stan Lee para consumo rápido

Com o falecimento de Stanley Martin Lieber, mais conhecido como Stan Lee, neste ano de 2018, são inúmeras as matérias sobre esta figura marcante que pipocam na mídia. Não que seja algo surpreendente a morte de alguém em seus noventa e cinco anos, mas as peculiaridades da trajetória de uma pessoa que foi o epicentro da revolução chamada Marvel Comics ainda rendem muito assunto. Indicado para quiser um resumo rápido desta jornada, Incrível, Fantástico, Inacreditável (Amazing Fantastic Incredible: A Marvelous Memoir), é uma HQ autobiográfica co-roteirizada por Peter David e ilustrada por Colleen Doran.

Compre clicando na imagem abaixo!Resenha da biografia de Stan Lee em quadrinhos: Incrível, Fantástico, Inacreditável

(Confira nosso vídeo dedicado a Stan Lee e ouça o podcast sobre o livro Marvel Comics: A História Secreta)

Publicado nos EUA pela Touchstone Books em 2015, chegou ao Brasil no ano seguinte, pelo selo Geektopia, da editora Novo Século. O lançamento ainda aproveitou clima da celebração dos setenta e cinco anos da Marvel, contando a história de uma forma mais descontraída, algo que tem muito a ver com o biografado. O próprio Stan Lee é o narrador da HQ, estruturada como se ele estivesse palestrando em uma convenção. Parece entediante? Tinha tudo para ser, mas não é, graças ao recurso da metalinguagem e de várias licenças poéticas bem pensadas.

Claro que falar da vida desta pessoa é falar também da criação de vários personagens que mudaram a cara da grande indústria, além da consolidação da Marvel como gigante do ramo. É evidente que alguém que já tenha lido livros sobre o assunto não será surpreendido com informações que desconhecia, o que faz esta edição mais interessante para fãs mais novos. Ainda assim, os veteranos também encontram algum prazer nesta leitura. Não havia como um roteiro dessa espécie fugir do didatismo, mas a narrativa faz muita diferença, felizmente.

São inúmeras splash-pages, aquelas com uma única ilustração, que mostram os momentos mais icônicos dos primeiros passos da Marvel a partir do lançamento do Quarteto Fantástico. Uma boa sacada, emulando o próprio estilo que se tornou um tipo de marca registrada daquela época. Com quase 200 páginas, Incrível, Fantástico, Inacreditável não cansa seu leitor exatamente pela criatividade com que mostra, por exemplo, Jack Kirby mudando-se para a DC ou a reclusão de Steve Ditko.

(Leia também nossos artigos sobre a criação do Homem-Aranha e sobre uma HQ da Marvel pouco lembrada no Brasil, Sgt. Fury e Seu Comando Selvagem)

Resenha da biografia de Stan Lee em quadrinhos: Incrível, Fantástico, Inacreditável

O lado menos espetacular também é abordado

Em se tratando de uma biografia oficial, seria de se esperar que determinadas polêmicas fossem esquecidas, de forma bem conveniente. Como nos casos já citados de Kirby e Ditko, é evidente que a HQ não teria outra opção a não ser resumir ao máximo os fatos. Mesmo assim, nosso protagonista não chega a isentar-se completamente pelos rumos que a história tomou. Mesmo que as coisas pareçam simples demais para quem já leu bastante a respeito, não deixa de ser uma qualidade que esse lado mais nebuloso esteja presente nas páginas. Até mesmo o controverso modelo de produção da editora é explicado de forma direta.

Falando em momentos sombrios, o vai-e-vem empresarial no controle da Marvel também é descrito. Esse é um dos pontos baixos da HQ, pois não dá uma ideia muito clara ao seu leitor sobre a passagem do tempo. Aliás, esse é um problema geral do álbum, mas levando em conta somente os que ainda não tem uma noção mais sólida dos fatos. Deve-se considerar também que a própria proposta do roteiro dificulta um trabalho mais bem acabado neste sentido.

resenha da biografia de Stan Lee em quadrinhos: Incrível, Fantástico, Inacreditável

Sobre a arte de Colleen Doran, ela cumpre bem a tarefa de imprimir a expansividade de Stan Lee, utilizando até recursos mais cartunescos aqui e ali.  Está perfeitamente de acordo com ar descontraído que permeia toda a história.  Leve e sem buscar realismo ou detalhismo desnecessário, ela contribui para a fluidez da leitura, que não tomará de ninguém mais que um par de horas.

Incrível, Fantástico, Inacreditável é um trabalho competente no conjunto, mas, como já foi possível perceber, não acrescenta nada para quem já teve a curiosidade de pesquisar sobre Stan Lee, rendendo apenas uma boa distração. Os não familiarizados com os bastidores da formação da Marvel ganham algo além da diversão fugaz, já que terão uma ótima introdução ao tema. Quer dar um presente para aquele adolescente encantado com os filmes da Marvel Studios, que gostaria de saber mais sobre o tema e não sabe por onde começar? Esta HQ pode ser a solução.

Já leu essas?
Doutor Estranho - Full Moon
Doutor Estranho como você nunca viu no Formiga na Tela!
Tomie - Junji Ito
Tomie, de Junji Ito, na pauta do Formiga na Tela!
HQs que me emocionaram - FormigaCast
HQs que nos emocionaram no FormigaCast!
Amarelo Seletivo HQ - Formiga na Tela
A HQ Amarelo Seletivo na pauta do Formiga na Tela!