Home > Quadrinhos > Artigos > DC Comics e a época distante dos quadrinhos em vídeo!

DC Comics e a época distante dos quadrinhos em vídeo!

Há mais de 30 anos, a DC Comics teve uma ideia curiosa

O CBR tem uma seção dedicada às lendas da indústria dos quadrinhos. Coisas que sempre ouvimos falar, mas quase ninguém vai atrás para comprovar. Bem, eles vão. Já encontramos uma matéria deles que falava de uma lenda sobre uma versão do Batman que seria taxista*, traduzindo aqui para o nosso público. Agora, os caras trouxeram outra parada bacana. Nos primórdios da TV a cabo nos EUA, a DC Comics teve um programa que trazia quadrinhos lidos em voz alta para o público.

*(Aproveite e ouça também nosso podcast sobre filmes de super-heróis não realizados)

No fim da década de 1970, a Warner fez parte de uma das primeiras iniciativas pela popularização da TV a cabo, lançando o Qube, um sistema com 30 canais que os assinantes tinham acesso através de um conversor especial. Eram dez canis de PPV, dez de programação local e dez canais comunitários, que seriam especiais e que acabariam como a espinha dorsal da explosão do serviço de cabo, como MTV e Nickelodeon. Inicialmente, o Qube estava restrito a Columbus, Ohio.

DC Comics investiu nos Video Comics lá no final da década de 1970.

Swamp Thing #1 entre os gibis da DC Comics que foram para a telinha!

Por volta daquela época, a Warner, conforme todo mundo sabe, comprou a DC Comics, então um dos canais do Qube exibia um programa chamado Video Comics, que consistia – literalmente – em um narrador lendo uma HQ da DC, quadrinho por quadrinho, talvez pensando em ajudar as crianças de casa que ainda não sabiam ler.

Eis que o Youtube, que não perdoa quase nada, tem dois episódios de Video Comics. Um é o Monstro do Pântano em Swamp Thing #1 (Notem que os nomes nos vídeos estão ligeiramente diferentes, provavelmente, para evitar que o bloqueio de conteúdo protegido).

Confira!

 

O outro é o Gavião Negro (Hawkman), em uma história curta em Detective Comics #428:

 

Quando a Warner lançou a Nickelodeon, o Video Comics se tornou nacional, exibido semanalmente com várias reprises. Foi renomeado como Video Comic Books, ganhando uma segunda temporada em 1980, mas diminuindo sua regularidade até sumir em 1981.

Esse é mais um capítulo perdido da história da DC Comics e um fato bem inusitado. Isso foi realmente uma boa ideia?

Já leu essas?
Rodolfo Zalla - THTRU
Rodolfo Zalla e o álbum THTRU na pauta do Formiga na Tela!
Wally Wood, vida e obra, no Formiga na Tela!
FormigaCast - Já deu
Temas explorados demais na pauta do FormigaCast!
Quadrinhos de Terror - FormigaCast
Quadrinhos de Terror na pauta do FormigaCast!