Home > Programas > Formiga na Tela > Tomie, de Junji Ito, na pauta do Formiga na Tela!

Tomie, de Junji Ito, na pauta do Formiga na Tela!

Junji Ito discute uma visão distorcida do feminino em Tomie

Trabalho de estreia do celebrando Junji Ito, o mangá de terror Tomie saiu no Japão em 1987, enquanto o autor ainda trabalhava com próteses dentárias. Chamou atenção e, a partir dali, ele não parou mais, porém, o que chama muita atenção é que ele já tinha seus objetivos bem claros e mostrou muita segurança para um iniciante. Além de, é claro, já demonstrar a linha conceitual que perseguiria nos anos seguintes. Tomie é uma garota que desperta paixões ardentes por onde passa, em homens de todas as idades. Só que esse sentimento acaba descambando para um impulso homicida que, invariavelmente, acaba em esquartejamento e as partes do cadáver geram duplicatas da menina maligna.

Muito mais do que uma simples história de monstro, Tomie discute um relacionamento entre masculino e feminino, trazendo á tona discussões sobre a visão distorcida que um homem pode ter sobre uma mulher, e o feminino em geral. Neste contexto, atitudes extremas não são raras e é na extrapolação delas que Junji Ito trabalha os aspectos do horror bizarro. Uma história que traz estofo psicológico forte, mas não desaponta os fãs da escatologia gráfica. Um belo título no catálogo do Pipoca e Nanquim.

Gostaria de acrescentar alguma coisa ou discordar? Quer dar sua opinião? Comente aí ou mande um email para [email protected]. Ainda não se inscreveu nem nosso canal? Aproveite para fazê-lo agora mesmo e ative o sino para notificação a cada novo vídeo publicado. Também deixe um like para nós. Ah, e não se esqueça de compartilhar. Voltamos na próxima quarta!

Assista!

Já leu essas?
Alta Ansiedade - Mel Brooks
Alta Ansiedade, de Mel Brooks, no Formiga na Tela!
Doutor Estranho - Full Moon
Doutor Estranho como você nunca viu no Formiga na Tela!
HQs que me emocionaram - FormigaCast
HQs que nos emocionaram no FormigaCast!
The Expanse - Formiga na Tela
The Expanse e a relação com o agora no Formiga na Tela!