Home > Livros > Análises > O Enigma de Outro Mundo – A obra por trás do filme!

O Enigma de Outro Mundo – A obra por trás do filme!

O texto de O Enigma de Outro Mundo envelheceu muito bem

Dez entre dez fãs do cinema de Terror e do fantástico em geral adoram O Enigma de Outro Mundo (The Thing, 1982), filme de John Carpenter. O longa foi adaptado do conto Who Goes There? (1938), um trabalho bastante relevante de John W. Campbell, que ganhou ainda mais destaque com a descoberta de uma versão prévia – maior, inclusive – que o autor havia descartado. Com o título de  Frozen Hell, é esse o texto que chega aos leitores brasileiros, graças à bela iniciativa da editora Diário Macabro, utilizando o nome nacional do filme.

Compre clicando na imagemResenha do livro O Enigma de Outro Mundo, da editora Diário Macabro

Acompanhando uma equipe exploratória na Antártida, a trama nos mostra o perigo mortal e a tensão advinda da descoberta de um corpo alienígena de milhares de anos sob o gelo. E quem conhece o filme, já sabe que essa criatura tem capacidades transmorfas muito mais complexas do que apenas duplicar aparências. Quando o grupo se dá conta disso, e é preciso não apenas isolar o monstro entre eles, precisam impedir que a coisa escape do isolamento da região e alcance áreas povoadas.

Frozen Hell foi descoberto durante uma pesquisa sobre Campbell, pelo escritor Alec Nevala-Lee, surpreendendo a comunidade de fãs de ficção científica. Como a própria editora e tradutora Nathalia Sorgon Scotuzzi explica no prefácio de O Enigma de Outro Mundo, a grande diferença entre as duas versões é a sua apresentação, descartada por indicação editorial. Recheado de descrições de procedimentos técnicos, demonstra o esmero do autor, mas – realmente – um risco de enfastiar uma parcela de leitores.

É evidente que hoje, com o distanciamento histórico e a aclamação de Who Goes There? , interessa a muita gente conhecer sua versão completa. E passando esse prólogo, somos brindados por um texto que mantém sua força pela tensão que provoca, além das vívidas imagens da criatura que, inevitavelmente, surgem em nossas cabeças. Frozen Hell, no fim das contas, também não é tão longo assim, já que a edição de O Enigma de Outro Mundo tem apenas 164 páginas, contando com prefácio, posfácio e uma galeria de ilustrações.

Resenha do livro O Enigma de Outro Mundo, da editora Diário Macabro

John W. Campbell (1910 – 1971)

Edição primorosa, valorizando o texto

Apesar de seus indiscutíveis méritos, é preciso apontar que a quantidade de personagens criados por Campbell dificulta algo do andamento desta trama. São muito nomes para se ter em mente, além de especialidades e funções na base, um defeito espertamente contornado pela edição nacional, que conta com ilustrações de Thiago Motta no final do livro.

Fica bem mais fácil para o leitor se situar se tiver a disposição de olhar o final no livro e se familiarizar com as imagens dos personagens, em ótimos desenhos que seguiram as descrições de ambas as versões do texto. E não é só isso que este belo projeto gráfico em capa dura tem a oferecer como bônus.

O já comentado prefácio de O Enigma de Outro Mundo contextualiza tudo para os recém chegados, explicando a importância de John W. Campbell e Who Goes There?.  Além da comparação entre a publicação original e Frozen Hell, há interessantes curiosidades sobre a inspiração da obra, talvez mudando sua percepção dela como alegoria de determinado aspecto da vida real.

Por fim, um texto do Professor Alexander Meireles da Silva traz o panorama histórico da ascensão e ocaso da literatura pulp, ambiente em que Campbell e Who Goes There? surgiram. Um excelente apêndice, delineando o caminho de um fenômeno cultural de massa do início do século XX.

A edição de O Enigma de Outro Mundo já seria indispensável sem esses extras. Com eles, se torna obrigatória. Qualquer admirador do fantástico deve prestigiar esse ótimo trabalho da Diário Macabro, além de prestar atenção em como esse texto, fora pequenas ressalvas, mantém sua aura intacta apesar das décadas. Também mostra que o cultuado filme de Carpenter já tinha uma ótima fonte como ponto de partida.

Já leu essas?
Hellraiser - Clive Barker
Hellraiser e o Body Horror de Clive Barker no FormigaCast!
% dicas de Hqs Sci fi - Formiga na Tela
5 dicas de Hqs Sci Fi no Formiga na Tela!
Elvis - John Carpenter - Formiga na Tela
Elvis Não Morreu na pauta do Formiga na Tela!
Conto - O Vingador do Futuro
O conto que inspirou o Vingador do Futuro está no Formiga na Tela!