Home > Cinema > xXx: Reativado – Sim, eu preferia ter visto o filme do Pelé!

xXx: Reativado – Sim, eu preferia ter visto o filme do Pelé!

xXx: Reativado é ruim! Pronto, falei…

Vamos voltar ao começo dos anos 2000, quando Vin Diesel estava ensaiando para se tornar um astro de ação. Em 2001, ele chamou a atenção ao estrelar o primeiro Velozes e Furiosos (confira também a crítica do último exemplar da franquia) e com o mesmo diretor, Rob Cohen, lançou Triplo X no ano seguinte, que foi um grande sucesso, tendo arrecadado mais de 270 milhões de dólares em bilheteria. Quatro anos depois, a Sony lançou a pavorosa continuação intitulada Estado de Emergência, com Ice Cube substituindo o careca e o filme foi um fracasso, tanto de crítica quanto de bilheteria.

XXX: Reativado é a volta de Vin Diesel como Xander Cage

XXX: Reativado (O pôster é até bacana, pelo menos…)

Agora, depois que Diesel ficou muito rico após retornar à franquia que o “consagrou” e ser o principal produtor dela, decidiu que precisa engrenar outra marca no cinema, porque – aparentemente – apenas as história da família de Dominic Toredo não é o bastante. Após a última tentativa com Riddick, ele nos apresenta a volta do seu personagem Xander Cage, nesse terceiro filme xXx : Reativado (xXx: The Return of Xander Cage) e o resultado é pavoroso.

O filme abre com o agente Augustus Gibbons (Samuel L. Jackson), considerado morto após a queda de um satélite no meio de uma cidade. Descobrimos que o tal programa que controla esses satélites, que se chama Caixa de Pandora, foi roubado da Agência Nacional de Segurança (NSA) por um grupo de agentes desertores. Dada a situação crítica, a nova diretora da NSA (Toni Collete) decide recrutar Xander Cage (Vin Diesel) para encontrar a tal Caixa de Pandora e dar um fim nesse grupo terrorista.

Se nessa pequena sinopse a história parece boba, na prática ela consegue piorar e se tornar extremamente estúpida. O roteiro de F. Scott Frazier assusta, não apenas por ser uma trama que vai se tornando mais idiota a cada momento, mas pela imaturidade do texto. Todos os personagens são badass, as mulheres tem quase a obrigação de usar uma roupa minúscula, exibindo sex appeal, e todos os diálogos são compostos por frases de efeito que são ridículas.

XXX: Reativado é a volta de Vin Diesel como Xander Cage

Parece estiloso, mas não é!

Forçando a amizade até nas cenas de ação

Até as próprias cenas de ação do longa são de uma estupidez atroz, principalmente uma perseguição que acontece em uma praia com motos que contém esqui nas rodas (Sim, você leu isso mesmo) e a lista de erros lógicos desse filme é grande. Como Deepika Codukone fica armada do nada, enquanto ela está em um lugar aberto e de maiô? Como ninguém estranha Tony Jaa aparecer com uma faca, dando piruetas no meio de uma balada? Como uns dos personagens sobrevive depois de tomar um tiro no estômago? No mínimo, ficaria um texto com mais de dez páginas. Parece que é um roteiro escrito por um adolescente que está no auge dos seus hormônios e brincando de Comandos em Ação.

O diretor/escravo de Diesel da vez é o tal D. J. Caruso (aquele mesmo de O Quarto dos Esquecidos), que tenta fazer uma mistura louca de todas as técnicas de filme de ação da última década: câmera na mão, cortes rápidos, aceleração de frame e slow motion. O problema é que essa estratégia do diretor não funciona, primeiro porque ela se torna manjada após a terceira sequência de ação, que segue rigorosamente a seguinte continuidade: cortes rápidos, combates corpo a corpo, muito barulho, carro batendo e algum movimento badass em slow motion (tentando justificar o 3D).

Curiosamente é mesma estratégia de cenas de ação que está presente na franquia Velozes e Furiosos, mas lá é bem executada. Em xXx: Reativado  é uma bagunça que não dá para entender nada. Parece que Caruso quis fazer algo de estilo da outra franquia e o resultado final é uma cópia mal feita. Além de o diretor filmar maiôs e decotes das mulheres com a mesma mentalidade do roteirista, há uma referência 007 – Operação: Skyfall  que dá a entender que o cara achou que aquela cena só servia para  mostrar o corpo de Daniel Craig. E além de copiar as cenas da outra franquia de Diesel, pegou a mesma lista do Spotify como trilha sonora, porque não há diferença entre as trilhas.

XXX: Reativado é a volta de Vin Diesel como Xander Cage

O que fazes aí, Donnie Yen?

O que dizer do elenco desse filme? Vin Diesel está claramente se divertindo e o espectador não compartilha desta diversão, porque o Xander Cage desse filme não tem nada de interessante. É um herói genérico e caricato que não se machuca com nada, como a maioria dos burucutus invencíveis pós anos 2000. O resto do elenco pouco tem o que fazer, já que seus personagens só funcionam em cenas de ação e não tem desenvolvimento. O ótimo artista marcial Donnie Yen e a atriz Deepika Padukone são os que chamam a atenção por darem o seu melhor, apesar do material que tinham em mãos. E a participação de Neymar, o camisa 10 da Seleção? Ele aparece no começo e no fim do filme e sua presença é vergonhosa, só para mostrar quantos amigos Vin Diesel tem.

Enfim, xXx: Reativado é forte concorrente a um dos piores filmes do ano. É algo com uma mentalidade ridícula e que só serve pra mostrar os gostos de Vin Diesel. Durante a projeção desta bomba, só me lembrava da frase do Chaves: “Deveria ter ido ver o filme do Pelé”. Como no caso é um filme do Neymar, prefira ver o filme do outro craque.

Já leu essas?
Los Angeles - Cidade Proibida
Los Angeles: Cidade Proibida no Formiga na Tela!
Os Bons Companheiros - Formiga na Tela
Os Bons Companheiros na pauta do Formiga na Tela!
O Homem Que Queria Ser Rei - Formiga na tela
O Homem Que Queria Ser Rei no Formiga na Tela!
Critica de Quadrinhos - FormigaCast
A crítica de Quadrinhos é discutida no FormigaCast!