Home > Cinema > Artigos > Invasão USA – Chuck Norris no seu tempo áureo!

Invasão USA – Chuck Norris no seu tempo áureo!

Chuck Norris provou que era o melhor no que fazia em Invasão USA

Tiros, explosões, pancadarias e frases de efeito. Esses são os componentes que fazem de Invasão USA (Invasion U.S.A) um clássico do cinema brucutu daquela década que todo mundo adora. Lançado no ano de 1985 pela lendária produtora Cannon*, o filme conta a história do ex- agente da CIA Matt Hunter, interpretado – na falta de um termo melhor – por Chuck Norris. Matt é obrigado a sair de sua aposentadoria, pois precisa enfrentar um antigo inimigo, o terrorista Mikhail Rostov, interpretado pelo saudoso Richard Lynch.

*(A Cannon tem uma história interessante envolvendo as primeiras tentativas de adaptar o Homem-Aranha para o cinema. Confira neste FormigaCast)

Invasão USA Chuck Norris

O pôster já coloca banca!

Nada de motivações complexas ou aprofundamentos psicológicos. O que vale aqui é apelar para os instintos mais primitivos do público, que vai torcer para o herói casca-grossa punir o vilão malvado. Claro que essa “jornada dramática” precisa ser recheada com o máximo de destruição gratuita para funcionar. Exatamente aquilo que a gente procura quando só quer relaxar na frente da tela, não é mesmo?

A construção do herói solitário

Enquanto aposentados normais fazem palavras-cruzadas na praça, nosso herói vive solitário no pântano e caça crocodilos com as próprias mãos. Matt Hunter (o nome já impõe respeito) tem ideias peculiares sobre paz e tranquilidade. E é a partir desse contexto criado em torno de Hunter que o roteiro de James Bruner, co-escrito pelo próprio Chuck Norris, acerta, fazendo com que o público crie empatia pelo personagem principal.

Um homem de poucas palavras, mas de muitas atitudes. Quando a ação começa, temos a total noção do que Matt Hunter é capaz de fazer para acabar com todos os seus inimigos. Distribuindo socos e pontapés para ninguém botar defeito, Matt aos poucos vai chegando até o seu inimigo principal. Inimigo esse que só é atraído após Matt criar um plano para chamar a sua atenção.

Invasão USA Chuck Norris

Sai daí ou leva foguete!

Um elenco de apoio competente com um antagonista carismático

Os personagens secundários do filme também tem o seu momento. Destaque para a pequena participação do ator Billy Drago, que interpreta uma espécie de traficante de drogas chamado Mickey. Ao lado do carismático protagonista, o ponto alto deste elenco – cuja desenvoltura dramática não poderia ser o grande mérito – é o ator já citado anteriormente, Richard Lynch, totalmente identificado com este tipo de produção da Cannon.

Lynch encarna o terrorista que sonha em acabar com os Estados Unidos da América (ah, era um tempo de motivações simples…), mas que tem pesadelos com o seu maior inimigo. Interpretando um típico vilão daquela década, Rostov é a personificação da maldade, pois mata tudo o que vê pela frente sem poupar munição. Tão sanguinário que não poupa nem crianças! Isso é muito interessante, visto que a violência de Invasão USA é bastante forte, mostrando mortes um tanto mais criativas para os filmes de ação do período. O espectador mais sádico se esbalda até hoje.

Invasão USA Chuck Norris

O chefão final, cuja luta ficou devendo.

Nem tudo é um mar de rosas, ou de pancadaria, no caso

O ponto negativo do filme é a sua sequência final. O diretor Joseph Zito poderia ter trabalhado melhor o momento em que Matt e Rostov se enfrentam na luta principal, aproveitando a destreza de Chuck Norris nas artes marciais. Infelizmente, tudo o que vemos são meia dúzia de socos e chutes. Nada que comprometa a experiência do público, mas era possível terminar com uma cena final muito mais impactante.

Invasão USA é um filme que merece estar na prateleira de qualquer fã de filmes de ação, principalmente os que admiram as produções da década de 1980. Após mais de três décadas, ainda vale a sessão. Nem que seja apenas para lembrar que é cada vez mais raro encontrarmos personagens tão carismáticos quanto os famosos brucutus.

Já leu essas?
Alta Ansiedade - Mel Brooks
Alta Ansiedade, de Mel Brooks, no Formiga na Tela!
Doutor Estranho - Full Moon
Doutor Estranho como você nunca viu no Formiga na Tela!
Django - Sergio Corbucci
Django, o original de Sergio Corbucci, no Formiga na Tela!
Filme bom, Final Ruim - FormigaCast
Filmes bons com final questionável na pauta do FormigaCast!