Home > Cinema > Artigos > Um lista com 10 grandes e inesquecíveis vilões do Cinema!

Um lista com 10 grandes e inesquecíveis vilões do Cinema!

Uma seleção com 10 vilões realmente detestáveis

Opa, chegando aí uma galeria de personagens que capricharam na vilania! Fugindo do óbvio e de certas unanimidades, bolamos essa lista já descartando algumas figurinhas carimbadas do mal, que aparecem qualquer lista de vilões, que todo mundo adora com razão. Nada de Darth Vader, Coringa do Heath Ledger ou Hannibal Lecter, que já tem seu lugar no panteão da maldade, pois fomos atrás de alguns pouco lembrados, mas nem por isso menos detestáveis!

Lembrando que nossa intenção não é definir os melhores de todos os tempos, só relacionar alguns dos quais mais amamos odiar.

Confira essa seleção maligna do Formiga Elétrica!

10 – Enfermeira Ratched (Um Estranho no Ninho)

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

Coitadinha dela, que só estava ali fazendo seu trabalho honesto, não é? Nem deveria entrar em um galeria de vilões, certo? Nada disso! Em Um Estranho no Ninho (1975)essa sociopata autoritária e castradora foi uma ótima metáfora que aludia a uma sociedade que prefere todo mundo dopado. Jack Nicholson, no auge da presença de cena, teve uma antagonista de (muito) respeito, graças à estupenda interpretação de Louise Fletcher.

 

09 – Biff Tannen (Trilogia De Volta Para o Futuro)

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

Vale falar de qualquer gênero quando o filme é bem feito e os três De Volta Para o Futuro (1985, 89 e 90), além de muito bem realizados, contaram com um vilão memorável que todo mundo torceu para que se ferrasse no final. Biff Tannen era o valentão que atormentava duas gerações da família McFly, no passado, presente e futuro. O ator Thomas F. Wilson não costuma ter sua atuação citada, mas deu um show interpretando Biff com várias idades, de adolescente a idoso, convencendo em todos os períodos.

 

08- Max Cady (Cabo do Medo)

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

Robert De Niro em sua melhor forma encarnou o psicopata Max Cady, que -após cumprir pena – aterrorizava seu advogado por ele ter omitido detalhes que poderiam tê-lo livrado da cadeia. Esta refilmagem de O Círculo do Medo (1962) foi realizada em 1991 sob a batuta Martin Scorsese, em sua sétima parceria com De Niro, que entregou uma atuação monstruosa. Além de sádico, perturbava os outros no cinema, um detalhe que já justificaria sua classificação entre os vilões malditos.

 

07- Frank (Era Uma Vez no Oeste)

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

O operístico Era Uma vez no Oeste (1968)western-spaghetti definitivo, tem inúmeras qualidades. Entre elas, a inversão das figuras de herói e vilão. Enquanto o feioso Charles Bronson é o protagonista da coisa, o bem-apessoado de olhos azuis Henry Fonda, até ali conhecido por papéis de bonzinho, encarnou o pistoleiro amoral Frank, que já é apresentado dizimando uma família – com direito a infanticídio – ao som da trilha de Ennio Morricone, que você vê na cena abaixo! Ah, se você curte western-spaghetti, confira também nosso videocast sobre a Trilogia dos Dólares.

 

06 – Hans Landa (Bastardos Inglórios)

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

Poucos nazistas da ficção, durante a Segunda Guerra,  se mostraram tão à vontade em seu ofício quanto o Coronel Hans Landa. Este personagem do Nazi Exploitation moderno de Quentin Tarantino, Bastardos Inglórios (2009), revelou  Christoph Waltz ao mundo e lhe rendeu um merecido Oscar. O cinismo quase cômico não impediu o ator de criar um tipo que esbanja uma cultura proporcional à sua crueldade. A tensão criada por essa presença dele é fantástica. Aliás, sobre sua cena de apresentação, assista a esse vídeo.

 

05- Louis Cyphre (Coração Satânico)

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

Robert De Niro de novo! Em 1987, o ator encarnou o capeta verdadeiro, que não é surpresa nenhuma no filme, pois a brincadeira com o nome já entrega. Coração Satânico, de Alan Parker, mostrava esse enigmático personagem contratando um detetive, vivido por Mickey Rourke, para encontrar um músico desaparecido. A caracterização do ator se limitou à barba, cabelo preso e unhas levemente longas. Com sua competência habitual na época, foi o bastante para dar um ar maligno que infecta as (poucas) cenas em que ele aparece, mas sua presença é sentida durante todo o filme. Na falta de uma sequencia completa com essa figura, segue o trailer do filme, que em 1:32 tem um momento fantástico de Louis Cyphre.

 

04 – Anton Chigurh (Onde Os Fracos Não Tem Vez)

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

O Coringa de Heath Ledger foi citado no começo. Aqui está um personagem que apareceu meio que simultaneamente no cinema e tem muito a ver com ele, já que em ambos os filmes não há uma explicação clara sobre o que os motiva, além de uma ética distorcida. Os irmãos Coen  deram ao mundo Onde Os Fracos Não Tem Vez em 2007, com Javier Bardem vivendo um tipo assustador, apesar de um corte de cabelo bastante inusitado para sua ocupação de assassino profissional. Além disso, Anton Chigurh ainda andava por aí carregando um tanque de oxigênio que tornava sua figura mais estranha. Feliz de quem não descobria para que servia aquilo…

 

03 – Hans Gruber (Duro de Matar)

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

O cara só queria dinheiro! A ganância pura e simples é uma motivação para lá de vilanesca, e Alan Rickman roubou a cena em Duro de Matar, que John McTiernan dirigiu em 1988. Hans Gruber é um engomadinho gênio do crime que subverteu vários clichês daquela década, pois a construção do personagem até dá espaço para algo além de exibir apenas maldade e uma frieza assassina. Sutilmente, é claro, já que a gente quer mais é vê-lo tendo o que merece no final. Confira também nosso videocast sobre Duro de Matar.

 

02 – Joe Cooper (Killer Joe) 

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

Um dia, Matthew McConaughey acordou e disse “Chega de ser galã! Agora serei um ator de verdade!!”. Ficou dois anos sem trabalho, mas conseguiu uma virada fantástica em 2011 pelas mãos de William Friedkin, diretor de O Exorcista (tema de um Formiga na Tela e deste artigo)no papel do policial que faz bico como matador de aluguel, Joe Cooper, no (injustamente) pouco citado Killer Joe. Magro, contido e com um olhar meio indefinido, que indica alguém com quem não se deve mexer, ele mostra que alguns acordos são verdadeiros pactos com o demônio, principalmente se envolvem garotas adolescentes como garantia. Quando ele finalmente explode, a reação é imprevisível!

 

1- O’Brien (1984)

Um lista com 10 grandes vilões inesquecíveis do Cinema!

Na literatura, O’Brien já é um vilão de muito respeito. Como essa adaptação homônima de 1984 para o cinema, dirigida por Michael Radford no mesmo ano do título, é bastante fiel à obra, era de se esperar que o personagem também se destacasse. Que bom que Richard Burton, deixando uma interpretação fantástica em seu último papel no cinema, encarnou esse funcionário exemplar do sistema totalitário representado pela figura do Grande Irmão, na mais famosa fantasia distópica de todos os tempos. Não foi difícil colocá-lo no primeiro lugar da lista, já que O’Brien não é apenas um torturador implacável do corpo, mas também um estraçalhador dedicado do espírito da dissidência, agindo em nome do Partido. A perda da esperança do pobre Winston foi compartilhada pelos leitores e espectadores de 1984.

 

Gostou? Faltou algum? Mudaria a ordem? Comente aí!

Já leu essas?
Os Bons Companheiros - Formiga na Tela
Os Bons Companheiros na pauta do Formiga na Tela!
12 Homens e Uma Sentença no Formiga na tela
12 Homens e Uma Sentença no Formiga na Tela!
Malditas Continuações - FormigaCast
As malditas continuações do Cinema no FormigaCast!
Sonoplastia no Cinema - Formiga na Tela
Sonoplastia no Cinema é a pauta do Formiga na Tela!