Home > Seriados > Artigos > Mortal Kombat Legacy II – A melhor adaptação do jogo

Mortal Kombat Legacy II – A melhor adaptação do jogo

MORTAL KOMBAT!!!

Quem não se lembra deste grito? O nome do jogo era dito por uma voz sombria, seguido pelo tema da série, que tinha um tom sinistro com uma mescla de aventura. Esse foi um jogo que marcou a infância de muita gente, com lutadores tão originais quanto surreais, em uma disputa pela segurança do reino da Terra. Liu Kang, Johnny Cage e Sonya Blade, guiados pelo bondoso Raiden, o deus do trovão, deveriam vencer um torneio como nenhum outro para garantir que as hordas de Shao Kahn não invadissem a Terra. Com o passar dos anos, a franquia criada por Ed Boon e John Tobias se desenvolveu, gerando continuações com personagens mais incríveis, como o feiticeiro Quan Chi, o impulsivo Kung Lau, Kitana, Kenshi, Smoke, Ermac e muitos outros.

Recentemente, a série invadiu outros reinos e surgiu o seriado para internet Mortal Kombat: Legacy, criado por um fã, Kevin Tancharoen, que colocou no ar em 2010 um curta com Jax e Sonya interrogando um suposto Scorpion, numa versão que atenuava a fantasia e colocava o torneio como algo do submundo do crime. Batizado como Mortal Kombat: Rebirth, fez tanto sucesso entre os fãs do game, que a Warner aceitou disponibilizar recursos para o projeto continuar. O curta contou até com Lateef Crowder como Baraka. Para quem não sabe, Crowder é famoso como dublê e um dos maiores capoeiristas do mundo, com aparições em vários filmes de artes marciais, como Ong Bak 2 e Tekken, onde viveu o personagem Eddy Gordo.

Mortal Kombat: Rebirth

Mortal Kombat: Rebirth

Confira o curta:

A série Mortal Kombat: Legacy chegou à internet em 2011. Dois anos depois, veio uma segunda temporada – Mortal Kombat: Legacy II – pelo site Machinima e disponível no YouTube. Continuando de onde parou, o ritmo se mantém. Na primeira parte, foram apresentados os personagens menos fantasiosos, como Jax, Sonya e Striker, em operação para caçar o famigerado Kano, junto com a história da Iniciativa Ciborgue. Após apresentar a maior parte dos lutadores da Terra e também uma versão mais hardcore de Raiden, a série fecha deixando o pano de fundo da história pronto.

A segunda temporada começa apresentando novos personagens como Liu Kang e Kung Lao, mostrando a situação entre os dois e o que aconteceu no passado. Muito mais interessante que o primeiro filme para o cinema, a série tem como curiosidade a volta do ator Cary Hiroyuki Tagawa, interpretando o feiticeiro Shang Tsung, desta vez numa versão mais envelhecida. Outros lutadores de destaque são Kenshi, o espadachim cego e a “esponja de almas” Ermac, com visual bem diferente do uniforme vermelho e preto do jogo, mas com as habilidades fiéis à história. Junto com eles, retornam lutadores da primeira temporada, ganhando muito mais peso na história e com seus passados e razões mais explorados.

O destaque das lutas da segunda temporada está no confronto entre Kenshi e Ermac. A coreografia da luta é incrível, com golpes precisos e muito bem ensaiados. Kenshi permanece bem fiel ao jogo, mantendo sua roupa habitual, os movimentos de Tai Chi e suas habilidades telecinéticas.

A ambientação segue o estilo da primeira temporada e embora os cenários sejam mesclados entre o mundo real e outros, as paisagens continuam deslumbrantes. Dentro desse cenário, as lutas se desenvolvem de acordo com as rivalidades do jogo e algumas surpresas aparecem durante a trama. As disputas seguintes acontecem como consequência desse primeiro confronto e são tão empolgantes e interessantes quanto a primeira. Outro fator que chama atenção é a decisão de aproximar a série da sua fonte, utilizando frases bem conhecidas no roteiro, como as famosas falas características de cada personagem. Também foram incorporados os fatalities como parte da história.

Vale a pena conferir pelo site Machinima ou pelo YouTube. Para os que não viram a primeira temporada, é interessante assisti-la e ficar por dentro de toda a história desde o começo. É com certeza a melhor produção live action sobre Mortal Kombat e vai agradar tanto quem procura boas histórias e filmes de ação como os fãs dos jogos. Ficam os links para ver esses lutadores exóticos ganharem mais vida do que nunca.

“Come over here!”

Primeira Temporada:

Segunda Temporada:

Já leu essas?
O game TETRIS vai virar filme! Qual é o próximo degrau abaixo na decadência?