Home > Quadrinhos > Checklist > Checklist Variados – Abril / 2014

Checklist Variados – Abril / 2014

Agradecimentos ao PLANETA GIBI!

Nas bancas:

• DreamWorks Classics

LULUZINHA #38

Pixel

Revista mensal, formato 13,5 x 19 cm, 48+4 páginas cor, R$ 3,10, distribuição nacional.

 

BOLINHA #36

Pixel

Revista mensal, formato 13,5 x 19 cm, 48+4 páginas cor, R$ 3,10, distribuição nacional.

 

LULUZINHA TEEN E SUA TURMA #60

Pixel

Revista mensal, formato 17 x 24 cm, R$ 4,90, 64+4 páginas p&b, distribuição nacional.

 

• King Features Syndicate

O FANTASMA VOL. 2: O FANTASMA VAI À GUERRA

Pixel

Edição especial, formato 17 x 24 cm, 128+4 páginas cor, capa cartonada, lombada quadrada, miolo em couché, R$ 19,90.

 

• Peyo

OS SMURFS — JOGOS E ATIVIDADES #8

Coquetel

Revista mensal de passatempos e quadrinhos, 64+4 páginas cor, formato 20,5 x 27,5 cm, R$ 7,90, distribuição nacional.

Este mês, além dos passatempos que você já conhece, aprenderemos a smurfar um ioiô superlegal com o Smurf Habilidoso. E não para por aí: você vai conferir as aventuras pelas quais passamos nos últimos dias em histórias incríveis! Isso sem falar das curiosidades intrigantes do Smurf Gênio que não poderiam ficar de fora, não é mesmo? Então, não perca mais tempo e venha curtir a nossa revista. Vamos dar início à diversão!

 

• Valiant

UNIVERSO VALIANT #4

HQM Editora

Revista mensal, formato 17 x 26 cm, 80+4 páginas cor, R$ 8,90.

 

X-O MANOWAR #9

HQM Editora

Revista mensal, formato 17 x 26 cm, 80+4 páginas cor, R$ 8,90.

 

• Skybound / Image

THE WALKING DEAD #21

HQM Editora

Revista quinzenal, formato 17 x 26 cm, 32+4 páginas, R$ 4,90, distribuição nacional.

 

THE WALKING DEAD #22

HQM Editora

Revista quinzenal, formato 17 x 26 cm, 32+4 páginas, R$ 4,90, distribuição nacional.

 

• Dark Horse

DARK HORSE APRESENTA #1

HQM Editora

Revista mensal, formato 17 x 26 cm, 80+4 páginas R$ 12,90, distribuição nacional.

 

• EC Publications / Warner Bros.

MAD #68

Panini

Revista mensal, formato 20,5 x 27,5 cm, 40+4 páginas cor, R$ 7,20, distribuição nacional.

 

• Viacom

TARTARUGAS NINJA #11

Panini

Revista mensal, 24+4 páginas, formato americano, R$ 4,90, distribuição setorizada.

 

• Rebellion

JUIZ DREDD MEGAZINE #11

Mythos

Revista mensal, formato 20,5 x 27,5 cm, 64+4 páginas, miolo couché, R$ 10,90.

O Executor do Futuro! E ainda: Sláine; Área Cinzenta; Nicolai Dante; Choques Futuristas.

 

• Metro Goldwyn Mayer

ROBOCOP: BETA #1

Astral Comics

Minissérie em 4 edições (edição #4), formato 17 x 26 cm, 24+4 páginas cor, R$ 5,90. Lançamento: 14/abr/2014.

Por Ed Brisson (roteiro), Emilio Laiso (desenhos), Michael Garland (cores), Greg Smallwood (capa), para BOOM! Studios (fev/2014).

 

• Clive Barker

HELLRAISER: THE DARK WATCH #1

Astral Comics

Edição especial, formato 17 x 26 cm, 112+4 páginas cor, R$ 22,90. Lançamento: 17/abr/2014.

De Clive Barker, por Brandon Seifert (roteiro) & Tom Garcia (desenhos), para BOOM! Studios.

Nesta versão especial de “The Dark Watch”, cada quadrinho trará quatro capítulos da envolvente história que recria o mundo de Hellraiser, dando novos destinos para os personagens que conquistaram os cinemas no final dos anos 1980. Pinhead, Kirsty Cotton e todos os outros seres que compõem este jogo de idas e vindas entre o inferno e a terra viverão novos dilemas, como ninguém havia imaginado.

 

Nas livrarias:

• Casterman / Casares

A INVENÇÃO DE MOREL

L&PM Editores

Formato 17 x 24 cm, 128+4 páginas, R$ 39,90.

Por Jean Pierre Mourey, a partir da obra de Adolfo Bioy Casares. Tradução de Alexandre Boide.

“Discuti com o autor os pormenores da trama, e a li repetidas vezes; não me parece uma imprecisão ou uma hipérbole qualificá-la como perfeita.” Jorge Luis Borges

Publicado em 1940, invenção de Morel é considerado ao mesmo tempo o clássico inaugural e a grande obra-prima da literatura fantástica em língua espanhola. Cultuado por sua premissa admiravelmente original, a história do fugitivo da Justiça refugiado em uma ilha deserta que de repente se vê cercado por um misterioso grupo de veranistas já deu origem a diversas adaptações e recriações artísticas. Nesta versão em HQ, o quadrinista francês JP Mourey desmembra esse delicado mecanismo literário para criar um dispositivo narrativo inteiramente novo, em que todos os detalhes – desde cores e padrões até fontes e contornos – são fundamentais para recriar uma trama que Jorge Luis Borges não hesitou em classificar como “perfeita”.

Hoje, nesta ilha, aconteceu um milagre…

Um fugitivo da Justiça, condenado à prisão perpétua em seu país, chega sozinho a uma ilha inabitada. Além de algumas construções abandonadas e de um maquinário de complexo funcionamento, não há nenhum sinal de ocupação humana. Mas eis que um dia ele descobre que não está sozinho. Um misterioso grupo de veranistas aparece e se espalha pela ilha, pondo em risco seu anonimato. O fugitivo começa a seguir os passos, ouvir as conversas e monitorar o cotidiano dos intrusos. Consegue notar padrões recorrentes em suas ações, um intricado ritual cuidadosamente reencenado semana após semana. Aos poucos, porém, as chaves para o mistério vão sendo fornecidas, mas apenas quando o fugitivo consegue se desprender de sua noção do que é possível e impossível ou real e irreal é que ele se torna capaz de decifrar o enigma em sua totalidade.

Com A invenção de Morel, Adolfo Bioy Casares, até então um escritor desconhecido, jovem colaborador de Jorge Luis Borges, estabeleceu o clássico fundador da tradição da literatura fantástica em língua espanhola, ao mesmo tempo em que criava sua obra-prima indiscutível. Narrado com maestria, com uma premissa absurdamente original e um clima permanente de alucinação e mistério, seu primeiro romance é com frequência comparado aos melhores textos de Edgar Allan Poe e de outros grandes mestres do gênero. Desde que foi publicado pela primeira vez, em 1940, já deu origem a diversas adaptações e recriações artísticas, além de servir como inspiração para obras cultuadas como o longa-metragem O ano passado em Marienbad, do cineasta Alain Resnais, e o seriado televisivo Lost.

 

• Charles M. Schulz

COLEÇÃO L&PM POCKET #1153

PEANUTS: FELICIDADE É…

L&PM Editores

Formato 10,5 x 17,5 cm, 144+4 páginas p&b, preço não informado, distribuição em livrarias.

Publicada pela primeira vez em 1950, Peanuts é o resultado do gênio criador de Charles M. Schulz, que inventou um mundo atraente tanto para crianças como para adultos a partir de personagens que expressam sentimentos incrivelmente profundos e tocantes. Peanuts foi publicada diária e ininterruptamente por quase 50 anos – o que nunca aconteceu com nenhuma outra HQ – e chegou a figurar em 2,6 mil jornais, atingindo um público de 355 milhões de leitores em 75 países e 40 línguas.

 

• Scott Adams

COLEÇÃO L&PM POCKET #1141

DILBERT VOL. 8: PAUSA PARA O CAFÉ

L&PM Editores

Formato 10,5 x 17,5 cm, 144+4 páginas p&b, preço não informado, distribuição em livrarias.

Bem-vindo ao cubículo! Dilbert é engenheiro e trabalha em uma empresa de tecnologia. Tem trinta e poucos anos, está um pouco acima do peso, não abre a boca (que, aliás, não tem) para contestações, e seu sonho é ser promovido e ter uma sala de verdade em vez de um cubículo. Seu maior traço de ousadia é uma gravata careta que fica excitada junto com o dono. Com Dogberto, o Chefe e outros personagens, ele está aí para satirizar a burocracia e os absurdos do mundo corporativo. As tiras Dilbert foram criadas em 1989 pelo americano Scott Adams e hoje são publicadas em mais de dois mil jornais em todo o mundo.

 

• Paul Pope

BOM DE BRIGA

Quadrinhos na Cia.

Detalhes não informados.

 

• Silvino

A IARA: UMA LENDA INDÍGENA EM QUADRINHOS

Nemo

Formato 20,5 x 27,3 cm, 56+4 páginas cor, R$ 42,00, distribuição em livrarias.

Por Silvino.

A lenda da Iara é recontada nesta HQ de amor e terror, inspirada nas narrativas indígenas tradicionais. Com dinâmica e dramaticidade a cada página, esta versão em quadrinhos reúne um traço moderno e uma história tradicional, um tema ao mesmo tempo muito brasileiro e bastante universal.

Silvino nasceu e foi criado no Recife (PE), onde estudou Geografia. Nesse curso, teve contato com a geografia cultural, com a antropologia brasileira e com estudos sobre as tribos indígenas do nosso país, bases que o levaram a escrever esta HQ. Porém, suas verdadeiras paixões sempre foram a ilustração e os quadrinhos. Assim, Silvino começou a trabalhar com desenho, tornando-se ilustrador e quadrinista profissional. Hoje ele já conta com mais de uma dezena de títulos publicados. Produzindo quadrinhos, Silvino tem a possibilidade de juntar suas paixões, contando histórias como A Iara: Uma lenda indígena em quadrinhos. Nesta HQ, o autor fala, de forma divertida e dinâmica, de nossos povos ancestrais e conta uma história de terror e amor, valorizando o povo indígena, através de uma narrativa ao mesmo tempo brasileira e universal.

 

• Glénat

AYRTON SENNA: A TRAJETÓRIA DE UM MITO

Nemo

Formato 20 x 28 cm, 48+4 páginas cor, R$ 29,90, distribuição em livrarias.

Por Lionel Froissart (roteiro), Christian Papazoglakis & Robert Paquet (desenhos e cores), Tanja Cinna (cores).

 

• Schulz

SNOOPY VOL. 1

Nemo

Formato 17 x 26 cm, 112+4 páginas cor, R$ 29,90, distribuição em livrarias.

A adorada turma do Snoopy está toda aqui nesta coletânea inédita de quadrinhos! Misturando novas histórias com as páginas dominicais de Charles Schulz, esta edição irá lembrá-lo do motivo de Snoopy ser amado por milhões em todo o mundo. Os antigos fãs e os novos leitores irão encontrar algo para amar em Snoopy, Woodstock, Linus, Lucy, Chiqueirinho, Schroeder e, é claro, o bom e velho Charlie Brown!

 

• Magno Costa

A VIDA DE JONAS

Zarabatana

Formato 20,4 x 29,5 cm, 64+4 páginas, R$ 40,00, distribuição em livrarias.

Um ex-alcoólatra abandonado pela mulher e desempregado lutando para ficar sóbrio e ter sua tão sonhada segunda chance. A Vida de Jonas é uma história sobre corações partidos, amizades testadas, fantasmas pessoais e cicatrizes que não se curam.

Magno Costa é um ilustrador e quadrinista paranaense que reside em São Paulo há vinte anos. Em 2011 lançou com o irmão Marcelo Costa as HQs Matinê e Oeste Vermelho – esta última lhes deu o Troféu HQMix de melhor desenhista revelação e foi também publicada na Argentina. Em 2013 lançou a HQ muda Mary, e participou dos livros Ícones dos Quadrinhos e Mônica(s) para a comemoração de cinquenta anos da personagem.

 

• Vários

HUMOR PAULISTANO — A EXPERIÊNCIA DA CIRCO EDITORIAL (1984-1995)

Sesi-SP

Formato ? cm, 432+4 páginas, R$ 120,00, distribuição em livrarias.

Organizado por Toninho Mendes.

Suas publicações consagraram personagens marcantes dos quadrinhos: o militante de esquerda, o machista inveterado, o roqueiro lisérgico, o punk contestador, o casal estressado, a secretária ninfomaníaca, os homens solitários, todos que entraram, e ainda permanecem, em nosso imaginário e na história do humor paulistano. Este livro conta a trajetória dos 30 anos da Circo Editorial, editora de história em quadrinhos criada por Toninho Mendes nos anos 1980, que apresentou nomes como Angeli, Laerte, Glauco, Chico e Paulo Caruso, Luis Gê, e outros que influenciaram tudo o que viria depois no universo desta arte que mistura crônica e desenho numa combinação única, aqui reproduzida em significativas amostragens de cartuns, charges e caricaturas sempre contestadoras e imersas numa ácida sátira social.

Já leu essas?
Checklist Marvel / Panini – Janeiro/2017
Checklist Bonelli
Checklist Bonelli – Outubro/2016
Checklist Marvel – Guerras Secretas | Setembro/2016
Checklist Bonelli / Mythos – Agosto/2016