Home > Programas > Formiga na Cabine > Homem-Aranha: De Volta Ao Lar no Formiga na Cabine!

Homem-Aranha: De Volta Ao Lar no Formiga na Cabine!

Homem-Aranha: De Volta Ao Lar comentado na saída do cinema

A volta do cabeça de teia às telonas, em um filme solo integrado ao Universo Cinematográfico da Marvel, era a consequência natural depois de sua participação em Capitão América: Guerra Civil (assunto que também rendeu um episódio do FormigaCast). Pois bem, eis que Homem-Aranha: De Volta Ao Lar (Spider-Man: Homecoming) já foi exibido para a imprensa e o Formiga Elétrica estava presente para conferir o que saiu deste acordo entre Sony e Marvel Studios. Trazendo o diretor desconhecido Jon Watts, com muito mais créditos na TV do que no cinema, o desempenho dele era uma incógnita.

Homem Aranha De Volta Ao Lar

Desde os anúncios da escalação do elenco, capitaneado pelo jovem Tom Holland (cujo valor como intérprete já foi provado em Z – A Cidade Perdida), os fãs perceberam que haveria algo diferenciado aí. Pela primeira vez, o Homem-Aranha seria, de fato, interpretado por um adolescente real. A escolha do vilão também foi inspirada. Com várias opções de antagonistas desperdiçadas nas produções anteriores, o Abutre foi uma boa aposta. O carismático Michael Keaton (ironicamente fazendo mais um personagem alado, como em Birdman) no papel valorizou a produção e aumentou a expectativa em torno de Homem-Aranha: De Volta Ao Lar. 

Como de costume, gravamos aquele vídeo no calor do momento, logo depois de sair da sala. E aí? O filme é bom? Só interessa a fãs mais chegados ou agrada um público maior? Demos nossas primeiras impressões de Homem-Aranha: De Volta Ao Lar com o filme fresquinho na cabeça, falando sobre aquilo que funcionou e aquilo que ainda poderia melhorar em eventuais continuações. Assista ao nosso vídeo, se ainda não acompanha nosso trabalho, inscreva-se no canal, dê um like, comente (pois sua opinião é importantíssima para nós) e compartilhe.

Estaremos no próximo grande lançamento cinematográfico. Até lá!

Confira!

Já leu essas?
Crítica de Esta é a Sua Morte.
Esta é a Sua Morte – Mais um passo maior que a perna!
Crítica do filme Rodin.
Rodin – A plenitude da arte e a imperfeição da vida!
Ser ou Não Ser, é o curta brasileiro que concorre em festival sobre Shakespeare
Curta brasileiro em festival dedicado a William Shakespeare!
Mario Bava: Do Terror Gótico ao Giallo
Mario Bava é tema de uma palestra no Formiga na Tela!