Home > Programas > Formiga na Tela > Dario Argento e seu Prelúdio para Matar no Formiga na Tela!

Dario Argento e seu Prelúdio para Matar no Formiga na Tela!

Mais um grande filme de Dario Argento na pauta

O nome Dario Argento é sempre associado ao giallo, aquele tipo de suspense italiano popular que se servia de uma iconografia própria, herdada dos livros baratos que traziam esse tipo de narrativa. Ao lado de Mario Bava (confira também nosso vídeo sobre Seis Mulheres Para o Assassino), Argento definiu a estética deste subgênero, estourando com O Pássaro das Plumas de Cristal (1970), primeiro filme daquela que ficaria conhecida como A Trilogia dos Animais. Um pouco antes de outro grande filme pelo qual é lembrado, o sobrenatural Suspiria (1977), ele dirigiu, em 1975, Prelúdio Para Matar (Profondo Rosso). Este grande exemplar do giallo teria, inclusive, impressionado Alfred Hitchcock, segundo a lenda.

Dario Argento e seu Prelúdio Para Matar no Formiga na Tela

Ainda que esse tipo de obra procurasse sempre enfatizar a estética sobre qualquer outro detalhe, Prelúdio Para Matar consegue destacar-se na questão do roteiro. O próprio Dario Argento é responsável pelo texto, co-escrito por Bernardino Zapponi, por sinal, colaborador de outro grande cineasta italiano: ninguém menos que Federico Fellini. Contando a história de um pianista que testemunha o assassinato de uma paranormal, partindo em uma investigação por conta própria, essa parceria deu tão certo que o próprio Argento declarou que não saberia dizer quais ideias partiram dele ou de Zapponi, tamanha a sinergia.

Se no roteiro ele foi além, o visual do filme também não fica atrás. Esteticamente falando, é mais uma obra belíssima que o cinema italiano legou à Sétima Arte. O uso das cores, tão característico do giallo e evidenciado no título original (Profondo Rosso significa Vermelho Profundo) marca presença de forma magistral, mostrando Dario Argento em um dos melhores momentos – para alguns, o melhor – de uma carreira brilhante, ainda que tenha oscilado um pouco ao logo dos anos.

Batemos um papo sobre Prelúdio Para Matar em mais um episódio do Formiga na Tela, comentando as particularidades interessantes desta obra. Confira mais esse programa. Se ainda não é um inscrito, siga o canal, curta o vídeo, comente e compartilhe. Voltaremos na semana que vem com mais uma conversa bacana. Até lá!

Assista!

Já leu essas?
cinema coreano
Mestres dos gêneros – Um panorama sobre o eclético cinema coreano!
lenzi
Um homem de gênero – 5 filmes para lembrar Umberto Lenzi!
thor: ragnarok
Thor: Ragnarok – Pastelão esquizofrênico
storaro
Escrevendo com Luz – Entendendo a Fotografia de Vittorio Storaro!