Home > Livros > William Gibson tem novo livro saindo do forno – Agency!

William Gibson tem novo livro saindo do forno – Agency!

William Gibson retorna com trama sobre mundo pós-eleições americanas de 2016

O lendário escritor William Gibson, autor do clássico Neuromancer e A Máquina Diferencial , irá usar o sonho de uma vitória de Hillary Clinton nas eleições presidenciais americanas de 2016 como ponto de partida para o seu próximo livro. Gibson, um visionário responsável por criar a expressão “ciberespaço”, irá reimaginar o mundo sob um mandato de Clinton no romance pré-batizado de Agency, assim como a Londres de um futuro distante.

Programado para Janeiro do ano que vem, o livro irá viajar entre dois períodos: um na São Francisco da atualidade, onde as ambições da Casa Branca de Clinton serão realizadas; e outro em uma Londres pós-apocalíptica, 200 anos no futuro, onde 80% da população do mundo foi dizimada. (Falando nisso, já viu nosso Na Tela sobre Realidades Alternativas?)

Na linha da atualidade na história de Gibson, uma organização militar sombria desenvolve e testa inteligência artificial em uma jovem chamada Verity. As partes baseadas no futuro distante mostram que a viagem no tempo foi descoberta, e é usada para criar uma maneira de interferir na história, criando um futuro alternativo a partir de 2017.

O autor disse, em entrevista ao Ney York Times, que o livro age como uma sequência não planejada de seu outro livro de 2014, The Peripheral, que também se passa em uma Londres afetada pela guerra, fome e mudanças climáticas que afetaram todo o mundo. Entretanto, seu alvo é mais próximo dos dias atuais: “Todo futuro imaginário já escrito trata justamente sobre a época em que foi escrito (…) As pessoas falam sobre as possibilidades premonitórias da ficção científica, mas é uma consequência. É tudo realmente sobre o agora.”

william gibson

William Gibson!

Um futuro não muito bonito

Quem acompanha o trabalho do autor poderá ver de perto sua última visão sobre o futuro da humanidade. Celebrado como um dos grande escritores do nosso tempo, Gibson é bastante conhecido por sua capacidade de presciência. Suas visões, conhecidas pelo grande público através de obras derivadas, ou que sofreram influência direta da sua, como Matrix, a trilogia Millennium de Stieg Larsson e o recentemente adaptado para o cinema Ghost in the Shell, tratam de questões como reality television, sexo virtual, e tecnologias reais como o Google Glass.

Ele credita essa virtuosa capacidade não ao seu conhecimento sobre tecnologia, mas sobre como as pessoas a usam. Em 2007, ele disse em entrevista para a PC Magazine: “De fato, eu nunca estive muito interessados nos computadores em si; eu observo muito mais a maneira como as pessoas se comportam em volta deles”.

Fato é que, conforme avançamos no tempo, o futuro se parece mais com o que Gibson e Philip K. Dick descreveram, do que com o futuro de Asimov, Clarke e Roddenberry. Vamos torcer para que a próxima obra de Gibson seja mais otimista, senão… Bem vindos ao deserto do real!

Já leu essas?
jornada do herói
Caminho de Formiga #03 – Para onde leva a jornada do herói?
tecnologia do futuro
A tecnologia do futuro na ficção-científica – que já é realidade!
Resenha de O Conto da Aia.
O Conto da Aia – Uma distopia atual!
Cemitério Perdido dos Filmes B Redux
Cemitério Perdido dos Filmes B: Redux – Despertar dos cinéfilos imortais!