Home > Cinema > Filme sobre gangues de surdos-mudos já é o mais polêmico em Cannes

Filme sobre gangues de surdos-mudos já é o mais polêmico em Cannes

E o filme ucraniano The Tribe (Plemya) está dando o que falar. Já premiado em Cannes, o filme é forte, chocante, extremamente violento e conta somente com atores jovens surdos e mudos, sem um diálogo sequer durante todo seu tempo. Todos os atores do filme, inclusive, são surdos-mudos de verdade.

Poster do filme

Poster do filme

Praticamente todo ano, a seleção oficial de Cannes tenta incluir pelo menos um filme-choque que gere muita discussão. Irreversível de Gaspar Noé em 2002 e Anticristo de Lars Von Trier em 2009, são ótimos exemplos neste sentido. Agora é a vez do choque vir com este ucraniano The Tribe (Plemya) dirigido por Miroslav Slaboshpitsky (um nome tranquilo de memorizar).

A sinopse é a seguinte: Um rapaz chamado Sergey entra em uma escola especializada para surdos-mudos e percebe que será alvo de bullying, se não se enturmar com os mais fortes. Aproxima deles e descobre que esses novos colegas fazem parte de uma rede de crimes e prostituição – A Tribo. O problema é que Sergey se apaixona por Anna, namorada do chefe da gangue, e desperta a fúria de todos, e aí começa uma espiral de violência extrema.

Esperamos que não seja um daqueles filmes de choque por choque, com o único objetivo de aparecer somente por isso. Porém, não dá para negar que a ideia do filme é interessante e diferente. Então vamos aguardar.

Veja o trailer abaixo:

  • Anita

    O filme é bem interessante. Mas, por favor, corrija o termo surdo-mudo. Essa denominação é incorreta, pois a maior parte dos surdos é perfeitamente capaz de falar.

    • Paulo Marques

      Oi Anita, obrigado pelo alerta. Essa notícia já tem um tempo que foi publicada e a base foi um press release que recebemos. Mesmo assim, obrigado pelo comentário e por nos visitar. Um abraço!