Home > Cinema > Curve, de Tim Egan, é um excelente curta-metragem de terror!

Curve, de Tim Egan, é um excelente curta-metragem de terror!

Curve é uma boa lição de como realizar um filme de terror com pouco

Uma mulher desesperada, presa em um precipício tenta descobrir como não se permitir cair no abismo para a morte certa. A premissa do escritor e diretor Tim Egan é bastante simples – apenas com o ritmo certo, algumas doses de horror físico e uma boa trilha sonora, e nós temos alguns minutos de suspense bastante perturbadores. É assim que o curta de terror Curve tem chamado a atenção por onde passou.

curve

Laura Jane Turner, no excelente e perturbador Curve!

Se seu coração já não der aquela acelerada bacana nos primeiros trinta segundos, pode haver algo errado com você. Especialmente quando você perceber que aquelas nuvens no céu… bom, é melhor assistir. O final, como não poderia deixar de ser, carrega aquela boa e velha ambiguidade do terror que fica perseguindo nossos pesadelos durante uns dias.

Curve arrebatou uma cacetada de prêmios por onde passou, e com razão. É uma lição simples e objetiva de como de fazer um bom cinema de horror, usando os melhores elementos do gênero. Nesses tempos em que todo terror quer ser gradiloquente demais, ou oferecer lições morais da pior maneira possível, Tim EganCurve dão fundamento para aquele argumento que sustenta a vida de curta-metragem: muitas vezes, menos é mais.

Confira!

Já leu essas?
Crítica do filme A Torre Negra
A Torre Negra – Pipocão que você já viu (várias vezes)!
Resenha de Palcos de Sangue, de Paulo Biscaia Filho
Palcos de Sangue: As tripas e os corações da Vigor Mortis
Crítica de Na Mira do Atirador
Na Mira Do Atirador – E as problematizações desnecessárias!
Necronomicon
Necronomicon – Que tal um exemplar na sua estante?