Home > Cinema > Um Senhor Estagiário – União de gerações!

Um Senhor Estagiário – União de gerações!

Um Senhor Estagiário

Qual seria o papel de um senhor de 70 anos, aposentado, de valores tradicionais, em uma sociedade que muda num ritmo cada vez mais acelerado e parece devorar tudo e todos que não a acompanham? O que ele teria a oferecer a uma empresa extremamente moderna, tanto em sua tecnologia quanto em sua dinâmica de trabalho? Muito, é o que nos mostra o personagem de Robert De Niro nesse novo e divertido longa de Nancy Meyers, Um Senhor Estagiário (The Intern).

Um Senhor Estagiário

Nele, um homem viúvo e aposentado, Ben Whitaker (De Niro), procura algo para dar um objetivo em sua vida e encontra uma chance num programa de estágio para pessoas de terceira idade, numa bem sucedida empresa de e-commerce em rápida ascensão. Inteligente e simpático, ele consegue a vaga e é designado para ser o estagiário da chefe e fundadora da empresa, a competente  e workaholic Jules Ostin (Anne Hathaway). No começo a relação não vai às mil maravilhas, pois Jules acredita que o programa para estagiários sêniors é uma piada, e – sendo extremamente centralizadora – não está disposta a confiar em Ben para nada. Porém, ele logo cativa seus colegas, ajudando-os nos mais diversos assuntos e mostrando que experiência, esforço e boa vontade têm um grande valor, aos poucos mostrando para sua chefe que pode ser de extrema ajuda nos negócios e até em sua vida pessoal.

Um Senhor Estagiário

O conflito de gerações é um tema comum no cinema, mas aqui o foco não é no conflito entre elas e sim no que cada uma tem a oferecer para a outra, especialmente a antiga para a nova. Com a habitual leveza e bom humor dos filmes de Nancy Meyers, ele mostra como os valores e costumes mais antigos, que têm sido deixados para trás, como o cavalheirismo, a paciência, as pequenas gentilezas, o olhar para o outro, a genuína lealdade e dedicação no trabalho ainda têm espaço e importância no mundo frenético e individualista de hoje. Aliás, a diretora tem se especializado em falar de maneira divertida e perspicaz sobre os anseios e encantos da terceira idade, como em Alguém tem que Ceder e Simplesmente Complicado. Para isso, um dos seus grandes trunfos tem sido contar com a ajuda de astros do primeiro escalão, como Jack Nicholson, Meryl Streep e agora Robert de Niro.

Um Senhor Estagiário

O ator veterano é – sem dúvida – um dos pontos fortes do filme, pois está extremamente à vontade em um papel que foge totalmente daqueles pelos quais ficou famoso, do cara durão e ameaçador. Aqui ele é o oposto disso; um senhor simpático, boa praça e gentil, e ainda assim o faz à perfeição, com sua persona carrancuda desaparecendo totalmente por trás de seu personagem, nos fazendo enxergar apenas esse senhorzinho adorável. É com a sutileza de suas expressões que ele conduz o olhar do espectador para o que está acontecendo de importante no filme. É mais um bom passo de De Niro, retornando à boa forma.

Um Senhor Estagiário

Anne Hathaway também está ótima no papel dessa típica mulher moderna, que tem de lidar com um trabalho, além de uma vida pessoal, que lhe consome muito tempo e energia, mas pelo qual é apaixonada. Esse é outro ponto interessante do filme, pois ao mesmo tempo que fala sobre o papel dos idosos, levanta também um debate sobre o papel da mulher nessa nova sociedade, em uma constante batalha para  equilibrar carreira e família, tentando responder aquela eterna questão: É possível ter tudo? Dentro disso, o filme ainda aborda a nova dinâmica dos relacionamentos modernos, em que muitas vezes o pai agora é que fica em casa cuidando dos filhos, e como isso o afeta em sua noção de masculinidade e valor próprio.

Um Senhor Estagiário

Um Senhor Estagiário é sim um filme leve e descontraído, mas que fala de temas atuais e pertinentes de maneira sensível e inteligente. Além disso, é um deleite para os fãs de cinema ver uma interação entre De Niro e Hathaway, onde o mais doce e bem humorado dos dois é o primeiro. A química entre eles funciona muito bem, elevando também o filme. Enfim, é mais uma boa obra na interessante filmografia de Nancy Meyers, que mesmo numa época em que reinam os temas pesados e anti-heróis, ainda insiste em levar bons sentimentos para sua plateia.

Já leu essas?
Quem gosta de filmes de boxe vai curtir esta lista com 10 boeeadores mais icônicos do cinema
Lista dos 10 boxeadores mais icônicos do Cinema!
Crítica de O Mago das Mentiras, da HBO.
O Mago Das Mentiras – A pirâmide Ponzi de Bernie Madoff!
Uma lista com 10 dos alienígenas mais malvados do Cinema!
Five Came Back
Five Came Back traz mestres do cinema e Meryl Streep juntos!